segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Três razões para não usar a Wikipédia em trabalhos acadêmicos (trabalhos de conclusão de curso, dissertações, teses, artigos)

Sem dúvida alguma a Wikipédia é uma iniciativa fantástica de compartilhamento de ideias, de construção coletiva do conhecimento e de cultura participativa.

Creio que é um projeto que se enquadra no que se conhece como inteligência coletiva (LÉVY, 1998; JENKINS, 2009).

Entretanto, eu recomendo aos meus alunos NÃO USAREM A WIKIPÉDIA EM TRABALHOS acadêmicos pelos três motivos seguintes:

1) A volatilidade da informação: o que está publicado em uma manhã, na noite do mesmo dia pode não estar lá ou mesmo haver um texto que contradiz o que estava antes. Além disto, a própria norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas (2002) recomenda não usar materiais de curta duração nas redes.

2) Dificuldade de identificar autoria: os textos que lá estão publicados nem sempre estão passíveis de identificação de autoria.

c) Cópias de autores clássicos: muitas vezes tenho encontrado publicações na Wikipédia nas quais a pessoa que postou, ainda que com boas intenções, copiou de alguns autores clássicos, sem citar a fonte.

Sei que é polêmica esta minha opinião mas, por enquanto, estou convencido que estes três argumentos são suficientes para dizer aos meus alunos, tanto da graduação, quanto da pós-graduação lato sensu, onde leciono técnicas de pesquisa, para não usarem a Wikipédia em suas citações.

REFERÊNCIAS

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023 - informação e documentação – referências - elaboração.Rio de Janeiro, 2002.
 
JENKINS, Henry. Cultura da convergência. 2.ed. São Paulo: Aleph, 2009.
 
LÉVY, Pierre. Inteligência coletiva. São Paulo: Loyola, 1998.
 


Nenhum comentário: