quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Em Floripa, professora X aluna, na justiça, por exposição na mídia

O caso é, no mínimo, curioso e polêmico.

A reportagem de Burigo (2012), intitulada "Isadora Faber é intimada após sua professora a denunciar por difamação", foi publicada hoje no portal G1 de Santa Catarina.

Sem me posicionar deste ou daquele lado, eu penso que a gente precisa aprender a usar as mídias, pois, mais que um objeto técnico, elas são uma forma de expressão política. Como advoga Silverstone (2005), as mídias são um processo e a gente deve encará-las como um processo histórico que estamos vivendo.

Sugiro que leiam a reportagem e tirem suas próprias conclusões.

REFERÊNCIAS

BURIGO, Fernanda. Isadora Faber é intimada após sua professora a denunciar por difamação. [2012]. Disponível em: . Acesso em: 19 set. 2012.

SILVERSTONE, Roger. Por que estudar a mídia? 2.ed. São Paulo: Edições Loyola, 2005.
 



Um comentário:

Anônimo disse...

Sem me posicionar deste ou daquele lado?????